primeiro ilustração depois lettering 

No que você estava pensando quando desenhou?

Na sensação de impotência. Existe um caos acontecendo o tempo todo, fora de controle, e tudo o que temos é um barquinho de papel, frágil.


O que você achou do resultado final?

A Déia tem esse poder de trazer um olhar otimista para desenhos que se originaram em sentimentos tensos. Ela propõe uma releitura apontando que nem tudo é descontrole e desespero, basta apenas confiar. Existe sim um mar tumultuoso e o barquinho é de papel, mas ele se mantém firme e segue seu curso.  Foi um resultado reconfortante.

Como você se sentiu quando viu o desenho?

Turbulência com calmaria.

No que você estava pensando quando escreveu?

Veio de encontro com meu momento de vida atual, porque estou passando por uma transição profissional, mas ao mesmo tempo me sinto muito segura.

14,8 x 21 cm técnica de aquarela e nanquim sobre papel 300g